Fonte: Revista Projeção

 
A História da Família Cancella
 
José Manuel Pinheiro, quarto filho do casal João Silvério dos Reis e Maria Filomena de Sá, nasceu em Torre de Dona Chama, distrito de Bragança, região de Trás Os Montes, Portugal, em 19 de janeiro de 1924, e naturalizou-se brasileiro em 1968.
Alma de bandeirante, autodidata, ávido pela leitura, tem na sua rica história de vida experiência que só a inteligência emocional pode proporcionar. Viagens profissionais, cursos e seminários marcaram a vida empresarial.
Suas ações como Presidente da Associação Comercial de Ituiutaba, como um dos patrocinadores da construção da Sede Campestre do Ituiutaba Clube, como membro ativo do Rotary Clube, como articulador da criação da Escola de Administração de Empresas de Ituiutaba e como Diretor-Presidente do Grupo Cancella sempre tiveram a marca de seu espírito íntegro e arrojado.
Somadas à sua empreitada vitoriosa, estão várias condecorações:
- Melhores e maiores - Revista Veja;
- Cidadão Honorário de Ituiutaba;
- Cidadão Honorário do Estado de Minas Gerais em 1987;
- Medalha Santos Dummont;
- Empresário do Ano pela ACII em 1989;
- Homem do Ano pela AITMAP em 1999.
Sua perseverante luta pelas conquistas empresariais e consequente bem-estar da coletividade brindaram através do tempo a cidade e a região com obras de alto valor socioeconômico-culturais.
 
Entrevista com José Manuel Pinheiro, em novembro de 2009.
 
Como o senhor veio para o Brasil? E para Ituiutaba?
Aos 14 anos de idade deixei minha família em Portugal e vim fazer a minha história no Brasil movido pela ambição. Em São Paulo me tornei viajante trabalhando para uma grande empresade tecidos. Por me destacar como vendedor, fui designado para ser representante em Minas de uma das maiores empresas da América do Sul, a "Tecidos Pereira Queiroz". O acaso uniu meu destino ao de Gilca Vilela Cancella, companheira com quem tive cinco filhas: Rosângela, casada com Gildo, Rosaura, casada com Marconi, Maria Aparecida, casada com Eustáquio, Rosana, casada com Ricardo e Maria Angélica, casada com Edson. Tenho treze netos e dois bisnetos.
 
A Cancella faz 80 anos. Como foi o início desta conceituada empresa?
Em 1928, meu sogro, o imigrante português, então construtor Manuel Afonso Cancella e mais um sócio abriram uma revenda de veículos Chevrolet. Em dezembro de 1929, tendo comprado a parte do sócio e trocado a bandeira da General Motors pela da Ford, nasce oficialmente a "Sociedade de Automóveis Manuel Afonso Cancella".
José Manuel Pinheiro e Gilca Vilela Cancella
 
Como foi o início de sua trajetória empresarial em Ituiutaba?
Em 1951 ingressei como sócio cotista na "Sociedade de Automóveis Manuel Afonso Cancella", transformada, mais tarde, em sociedade anônima "Cancella S/A Veículos e Máquinas Agrícolas", da qual passei a ser Diretor Presidente, e Gildo Vilela Cancella, Diretor Vice-Presidente. Inicialmente, vendíamos inclusive eletrodomésticos e, em 1966, quando a Ford passou a montar carros e caminhões no Brasil é que os eletrodomésticos perderam espaço. Em 1969, tendo a Ford produzido inteiramente no país o Galaxie, a Cancella passou a ser exclusivamente uma revenda de veículos.
 
Como foi e é o relacionamento com a Ford?
Nossa parceria é de 80 anos. Como não poderia deixar de ser, sempre foi uma parceria saudável e produtiva, em que casam o ideal da ética com as virtudes da liberdade comercial. É uma via de mão dupla.
A Ford detém uma fatia significativa de mercado no Brasil e a questão hoje é conteúdo e inovação. A indústria tem que fazer sempre mais por menos. Tem que ter o produto desejado pelo consumidor. O trabalho de pesquisa e desenvolvimento de engenharia da Ford é alinhado com a evolução tecnológica e a tendência de mercado.
 
Ester Vilela Cancella e Manoel Afonso Cancella
José Manuel, Gildo, Maria Elite, Vera Lúcia Lemes e Manoel Afonso Cancella
Terceira Exposição Ford
     
Terceira Exposição Ford
Carro alegórico com os proprietários da Cancella Veículos, Gildo e José Manuel e americanos da cúpula da Ford.
Finalistas da 3a Exposição Ford
 
Numa linha do tempo, explique como foi o desenvolvimento e a expansão da empresa.
Na década de 50, além da Cancella, era criada nova revenda de veículos, a Autolândia, da marca Volkswagen, revendedora Willys. Algum tempo depois, com a compra da Willys pela Ford, a Autolândia passaria a ser mais uma revenda Ford. Na década de 60, iniciamos os investimentos em imóveis rurais e nascia a FRESA - Fazendas Reunidas Reserva, hoje Fazenda Reserva, de minha propriedade. Em 1962, era lançado o Consórcio Nacional Cancella e, em 1964, a concessão para o funcionamento da Rádio Cancella, nova área de interesse para os nossos investimentos. Os anos 60 são marcados por festas grandiosas promovidas pela empresa, as memoráveis "Exposições Ford". Nos anos 70, após o falecimento do fundador, as empresas são divididas entre os filhos e o controle do grupo passa a ser meu e do Gildo. A Autolândia, além de revenda Ford, tem autorização da Massey Ferguson para revenda de tratores. Abrimos filiais no Triângulo Mineiro, Sudoeste Goiano e Mato Grosso e asseguramos assistência técnica aos produtores rurais dessas regiões. Nos anos 80, fundamos a Cancella FM, a Rádio Platina AM e a TV Cancella, afiliada ao Sistema Brasileiro de Televisão. A TV Cancella, primeira emissora de TV em Ituiutaba, inaugurada em 1989, foi um divisor de águas para o desenvolvimento do mercado da região e uma grande conquista para a cidade. Outros empreendimentos - Motolavoura Ituiutaba e Quirinópolis também datam desta época. A partir de meados dos anos 90, a frágil situação econômica da nação, especialmente na agricultura, reflete nos negócios, mas a virada do milênio marca um rearranjo no grupo com o fechamento de algumas unidades inviáveis economicamente, saneamento de empresas e a venda do canal de televisão. Com o grupo mais enxuto e lucrativo, seguimos continuando a acreditar na cidade, no dinamismo de nossas forças políticas, no estímulo e nas estratégias das representações de classes e na riqueza gerada pela Educação. Estamos prestes a reinaugurar a nova Cancella, com propostas modernas, showroom amplo e confortável e uma oficina de excelência. Com pontos de vendas nas cidades de Prata, Campina Verde e Capinópolis e, futuramente, em Frutal e Iturama, a Cancella Veículos está abraçando a região para atender a demanda de veículos Ford e incrementar suas vendas com ótimas condições de negociação. Integrada ao Sistema Cancella de Comunicação, inauguraremos, em breve, mais uma emissora de rádio. Juntas, as rádios do Sistema Cancella tem alcance que atinge mais de 45 cidades, dentre as quais pólos regionais importantes do Triângulo Mineiro e do Sudoeste Goiano.
 
Fachada antiga da Cancella
Finalistas da 3a Exposição Ford
Vista da Cancella Veículos (em reforma) - outubro de 2009
 
Fachada da Cancella atualmente
 
Com sua ampla visão de negócios, foi possível tornar a Cancella um conglomerado. Como isso foi possível?
Sempre imprimimos nas empresas um modo espartano de dirigi-las, reinvestindo para a consolidação dos negócios. Sempre acreditamos que os contatos geram uma rede de informações e conveniências e, onde muitos enxergavam ameaças, víamos oportunidades. Houve uma combinação de fatores, mas acredito que o feeling falou mais alto.
 
Por que o grupo resolveu com pioneirismo e arrojo investir tão pesado em Comunicação?
As formas de expressão representam uma força política, estética e sociocultural. Nenhuma é tão poderosa, pura e duradoura como a comunicação de massas, que atrai atenção, gera informação, presta serviços, distrai e educa. Assim é o rádio. Assim é a televisão. Nossa visão de futuro, associada ao nosso espírito inquieto, é que guiou nossas estratégias.
 
Como pensa hoje um empresário? Por quê?
Em questão de negócios, as palavras de ordem são "Qualidade" e "Resiliência". Incorporar qualidade no trabalho é fundamental, assim como adaptar-nos aos novos tempos e situações. Com a estabilidade, se não formos eficientes, vamos ficar estagnados. Produtividade é a meta. Temos que minimizar custos e maximizar objetivos. A especulação desapareceu. A revolução chamada globalização atingiu todos os setores com as comunicações e operações instantâneas, mas exige gente mais preparada para o mercado de trabalho. Vivemos num país extraordinário, numa cidade especial, que está sendo transformada graças à Educação, numa zona com grande potencial; somos o quinto país maior do mundo em território, o quinto em população e o nono em PIB absoluto. Somos um dos maiores produtores de alimentos e seremos um dos maiores produtores de energia também. Porém, temos as taxas mais caras do mundo. É o custo Brasil. O que se paga aqui por um carro popular compra-se um carro médio de luxo nos EUA. No entanto, a estabilidade propiciou financiamento de longo prazo. Adquire-se com facilidade um carro novo. 2010 promete ser um ano favorável, o governo abrirá as torneiras por conta das eleições presidenciais, mas nada é para sempre. Depois virá a conta, as torneiras serão fechadas para sanar o orçamento. Os desafios, hoje, dos empresários, são muitos, além de decidir onde, como e quando investir. O mundo capitalista é implacável: Ter vale mais do que Ser.
 
Hoje o Grupo vive um novo e grandioso momento, com sua re-estruturação e modernização em vários setores. Fale sobre essa tradição e o que pensa sobre como as empresas contribuíram e contribuem para com Ituiutaba.
Gestão e conduta empresarial responsáveis, determinação, otimismo, crença no país e busca de soluções constantes sempre foram as diretrizes que nortearam os rumos do Grupo e, hoje, felizmente, com o aval da experiência de 80 anos, temos consciência de que nossas iniciativas empresariais permitiram a promoção social e profissional de tantos quantos passaram pelas nossas organizações e serviram de estímulo e orientação para muitos outros. Raríssimas empresas chegam a tão longa existência e conseguem vencer crises históricas. Estou realizado. Sou um privilegiado do destino. Sinto-me jovem. Estaria mais feliz se a Gilca estivesse com a saúde plena. Ainda assim, sinto-me abençoado sendo útil à sociedade, cumprindo a missão a que me propus.
 
Qual a influência do Grupo Cancella na cultura de Ituiutaba?
Nos idos anos 50 e 60, no cenário bucólico da provinciana Ituiutaba, fazíamos eventos memoráveis, trazendo cantores para praça pública, desfiles, carros alegóricos e elegíamos a "Miss Ford". A cúpula da Ford estava sempre presente. As pesquisas de opinião é que definiam os shows que o povo gostaria de assistir. E, assim, as Exposições Ford, de grande repercussão, marcaram época e influenciaram positivamente a cultura e a sociedade local e regional.
 
Conselhos do empresário José Manuel Pinheiro:
Nada resiste ao trabalho quando somos determinados - a persistência é que faz a diferença entre o sucesso e o fracasso. Reduza custos, maximize objetivos. Bom senso cabe em qualquer lugar. Tenha um bom time. Uma andorinha sozinha não faz verão. Maximize suas opções. Nunca coloque todos os ovos num mesmo balaio. Trabalhe com o que gosta. Você só terá sucesso se trabalhar com paixão e prazer. Não se pode pensar no curto prazo. É preciso ter planejamento. A vida tem altos e baixos. A fase em baixa é a fase na qual você mais aprende. Desconfie dos milagres financeiros. Quem cabritos vende e cabras não tem, de algum lugar vem. Numa boa negociação, todos os lados saem ganhando.
 
Mensagem do homem José Manuel Pinheiro:
Tenha fé em Deus e em você. Tudo fica mais fácil quando o que se faz, se faz com a alma.
 
Uma frase:
"Mantenha seus pensamentos positivos, porque seus pensamentos tornam-se suas palavras... mantenha suas palavras positivas, porque suas palavras tornam-se suas atitudes... mantenha suas atitudes positivas, porque suas atitudes tornam-se seus hábitos... mantenha seus hábitos positivos, porque seus hábitos tornam-se seus valores... mantenha seus valores positivos, porque seus valores tornam-se seu destino." - Mahatma Gandhi.